Secretaria da Saúde de Itabuna em campanha pela doação de órgãos

O mês de setembro é dedicado a divulgação e mobilização em prol da doação de órgãos. Em Itabuna, a Secretaria Municipal de Saúde programa para o dia 26 de setembro uma caminhada de conscientização e tem realizado ações educativas nas escolas e grupos da comunidade local. A caminhada sairá da Praça Adami, a partir das 14 horas.

No Brasil são mais de 40 mil pessoas aguardando por transplantes, sendo que na Bahia a fila de espera tem cerca de três mil pacientes. Em Itabuna, a procura maior é pela doação renal para atender as pessoas que fazem hemodiálise. A informação é da enfermeira Anna Aragão, responsável pela mobilização para Doação de Órgãos na Secretaria de Saúde de Itabuna.

Ana Aragão destaca que a mobilização é importante para o aumento no número de doações. Somente nos seis primeiros meses de 2013 foram realizados 37 transplantes. “É um número significativo” disse.

As pessoas vivas podem doar fígado, rim e medula óssea. Famílias de pessoas que tiveram morte cerebral podem liberar a doação de coração, pulmão, fígado, pâncreas, intestino, rim, córnea, veia, ossos, pele e tendão.

Em Itabuna as pessoas podem buscar informações na Organização de Procura de Órgãos (OPO) que funciona no Hospital de Base e atende Ilhéus, Itabuna e região, e também na Santa Casa de Misericórdia onde existe a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes. A enfermeira Anna Aragão lembra a importância de a pessoa avisar à família que pretende ser doadora de órgãos, bem como buscar maiores informações sobre a doação.




Deixe seu comentário